Domingo, 26 Agosto 2018 13:18

MELHORIAS NO SERVIÇO PÚBLICO: REUNIÃO COM SINDICATOS DO GDF.

Escrito por

Com o objetivo de trazer progresso ao serviço público, o SINDETRAN-DF - Sindicato dos Servidores das Carreiras que compõem os órgãos e Entidades Executivas de Trânsito do Distrito Federal, e outras entidades de categorias do Governo do Distrito Federal decidiram lançar um movimento em defesa de melhorias no serviço público e para denunciar o sucateamento da área no atual governo.

Resultado de imagem para defesa do serviço publico

O “Movimento em Defesa do Serviço Público” desenvolverá, a partir dos próximos dias, uma série de atividades a fim de provocar nos servidores uma participação mais efetiva no processo eleitoral e na população a consciência de que é necessário haver mudanças na gestão dos serviços públicos.

A primeira medida será a divulgação de uma carta, em data a ser definida, assinada por todas as entidades, com uma mensagem de repúdio ao modelo de política dos serviços públicos implantada pelo atual governador RodrigoRollemberg, que sucateou a prestação de serviços básicos, prejudicando servidores e, sobretudo, a população da capital do país.

O documento será direcionado aos candidatos das eleições ao governo e à população - que também será convidada a, neste momento de eleições, discutir as melhorias necessárias ao serviço público.

De acordo com o presidente do SINDETRAN-DF, Fábio Medeiros, o movimento pretende unir, pelo menos, 160 mil servidores públicos em uma luta por melhorias nos órgãos públicos e respeito aos cidadãos.

Para os servidores do Detran-DF, Fábio Medeiros, explica que a lista de reinvindicações são muitas, e causam reflexos diretos à população do Distrito Federal. “Queremos melhorar o nosso efetivo, pois há uma defasagem de servidores públicos, sendo 150 agentes de trânsito e 400 agentes administrativos, e isso implica na sobrecarga de atividades. Outro problema crônico é a falta de uma sede própria do Detran, pois um aporte de recursos é destinado para o pagamento de aluguel de imóveis, e esse dinheiro poderia ser alocado para solucionar o sucateamento de mobiliários e de viaturas”, esclarece.

Manifestações

Uma série de atos estão programados para as próximas semanas, culminando com a realização de um ato público em defesa dos serviços públicos, com a participação da sociedade civil organizada.

Representatividade

Até o momento, 14 entidades fazem parte do “Movimento em Defesa do Serviço Público”:

  1. Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF)
  2. Sindicato dos Trabalhadores e Empregados na Assistência Social e Cultural do DF (Sindsasc-DF);
  3. Sindicato dos Enfermeiros do DF (Sindienfermeiros-DF);
  4. Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do (Sindágua-DF);
  5. Sindicato dos Odontologistas do Distrito Federal (SODF);
  6. Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (Sindate-DF);
  7. Sindicato dos Delegados de Polícia do DF (Sindepo-DF);
  8. Sindicato dos Médicos do DF (SindMédico-DF);
  9. Sindicato dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, Autarquias, Fundações e Tribunal de Contas do DF (Sindireta-DF);
  10. Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF);
  11. Sindicato dos Tecnólogos, Técnicos e Auxiliares em Radiologia do DF (Sinttar-DF);
  12. Sindicato dos Servidores da Carreira Socioeducativa do DF (SINDSSE-DF);
  13. Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do DF (Sindpen-DF);
  14. Sindicato dos Servidores do Detran DF (Sindetran-DF)
  15. Sindicato dos Técnicos e Auxiliares de Laboratório do DF (Sintralab-DF)
  16. Sindicato dos Metroviários do DF (SindMetrô-DF)  

 

SINDETRAN/DF: UNIDOS, SOMOS MAIS FORTES. POR UM SERVIÇO PÚBLICO DE QUALIDADE PARA A POPULAÇÃO.

Última modificação em Domingo, 26 Agosto 2018 13:30

Acesso Restrito aos Filiados

Acesso para os filiados do Sindetran/DF