Segunda, 02 Setembro 2019 15:26

COMISSÃO ESTUDA "ALTERNATIVAS" PARA SERVIÇOS DO DETRAN.

Escrito por

Estamos de olho nos trabalhos da comissão que foi criada no Detran com o objetivo de "promover estudos para apresentação de projeto de contratação de ferramenta com solução completa para execução dos serviços de remoção, guarda, vistoria e leilão de veículos apreendidos". Na publicação do DODF nº 198, de 15 de agosto de 2019, foi dado um prazo de 30 dias para apresentação desse projeto.

Todos sabem que os leilões, vistorias e principalmente os depósitos, são serviços pertencentes à Autarquia e que geram recursos para o Detran poder se manter. Quanto mais empresa envolvida nesse processo, mais "fatias do bolo" serão repartidas, e assim, serão geradas novas dificuldades para a administração. Além disso, a população sempre é "convencida" pela mídia e pelo governo de que a melhor solução para serviços com demandas reprimidas é a terceirização ou privatização. O Sindetran/DF aproveita para alertar toda a população que o que ocorre com essas práticas é justamente o contrário. Aumento das taxas e diminuição da qualidade e segurança nos serviços prestados.

Imagem relacionada

Esperamos que os colegas demonstrem que tal solução não é adequada para o Detran/DF. O Estado tem a obrigação de fazer o dever de casa, com eficiência e qualidade e existem várias alternativas para isso, sem que se abra mão de suas funções. Em todos os governos que passaram e nesse atual, relatamos que o Governo precisa autorizar novas áreas de depósito para o Detran. Se é verdade que existe área destinada para novos depósitos, por que não se autoriza a efetivação disso ? Além disso, outro gargalo que temos é o quadro de pessoal do Detran, que voltou a ficar defasado. De 1600 servidores, temos cerca de 1100 cargos ocupados. Ou seja, temos um déficit de mão de obra de 500 trabalhadores (entre agentes, assistentes, técnicos e analistas).

Como primeira medida, estamos alertando os servidores, a população e o próprio governo das intenções de terceirizações que rondam a Autarquia. Estaremos protocolando uma Notificação ExtraJudicial ao Detran/DF firmando o nosso posicionamento contrário a essas práticas e alertando sobre nossa legislação e atribuições e também sobre diversas recomendações do MPDFT que recomendam pela impossibilidade de terceirização nessas atividades de Estado.

O Sindetran/DF, desde sua fundação, sempre se colocou contrário às terceirizações, privatizações e ocupação de cargos técnicos por pessoas que não sejam técnicas em trânsito. Todas as diretorias que passaram pelo sindicato sempre mantiveram essa postura. Portanto, independente de qual diretoria esteja no comando, esse princípio da entidade deve ser mantido, ou seja, o que deve ser observado é a necessidade de continuar trabalhando contra essas investidas de alguns governos que preferem esse caminho. 

Vejam abaixo a publicação no DODF:

DODF 155 15ago2019 Portaria 198

SINDETRAN/DF: Modernizar SIM, Terceirizar NÃO... A LUTA CONTINUA.

Última modificação em Terça, 10 Setembro 2019 01:20

Acesso Restrito aos Filiados

Acesso para os filiados do Sindetran/DF