Fábio Medeiros

Fábio Medeiros

Durante o processo eleitoral que estamos vivendo, temos a oportunidade de conhecer as propostas dos candidatos, pesquisar o histórico político e pessoal de cada um e tentar fazer um filtro para que possamos escolher os melhores, que são os que podem tentar resolver os grandes problemas do Brasil e de Brasília no nosso caso.

Resultado de imagem para blitz detran df

Temos a obrigação de alertar toda a população sobre promessas e propostas feitas por candidatos ao Governo do DF. Provavelmente na ânsia de conseguir mais votos, alguns candidatos se referem aos assuntos de trânsito e segurança viária de forma irresponsável, prometendo acabar com a fiscalização, com os controladores de velocidade (pardais) e outras impropriedades em relação à destinação dos recursos de multas de trânsito.

 Os últimos absurdos que foram propagados são: que o Detran não pode fiscalizar o trânsito e teria apenas função administrativa, que o Detran é um órgão normativo, que é preciso acabar com os controladores de velocidade, que o salário dos servidores administrativos ou da fiscalização são pagos com os recursos provenientes das multas de trânsito. Ou seja, é muita falta de informação, de conhecimento ou estelionato eleitoral, senão vejamos:

 Seria interessante que as assessorias falassem para os candidatos sobre a Lei 9.503/97 (Código de Trânsito Brasileiro) e suas alterações. Conferir o que é o Sistema Nacional de Trânsito e sua composição, prevista no Art. 7º do CTB. Por falar nisso, coordenador do Sistema e órgão máximo normativo e consultivo é o CONTRAN e não o Detran, como tem sido falado. Já o DENATRAN, órgão executivo de trânsito da União, é o responsável por executar a Política Nacional de Trânsito e por em prática (seja diretamente ou por delegação) as normativas estabelecidas pelo CONTRAN. Os DETRAN são os órgãos executivos de trânsito dos Estados e do Distrito Federal. As competências do Detran estão no Art.22 do CTB e no caso do DF, também no Art.24, pois a capital da República “acumula” a situação de Estado e Município.

Os Agentes de trânsito do Detran/DF são os responsáveis pela fiscalização e policiamento de trânsito nas vias do DF. Os Agentes do DER fiscalizam as rodovias estaduais. Existe também o trabalho da PMDF através do BPTRAN (Batalhão de Trânsito) que atua nessa fiscalização mediante convênio firmado com o órgão executivo de transito, qual seja o Detran/DF. Apesar do grande apoio da PM e do belo trabalho desenvolvido no trânsito, acreditamos inclusive  que o ideal seria investir mais no Detran/DF, liberando a PMDF para sua especialidade que é a Segurança Pública. Temos o trabalho dos colegas da PRF (Polícia Rodoviária Federal) que fiscalizam as rodovias federais, além de outras atribuições. Ou seja, tudo está definido e regulamentado no CTB, na Constituição Federal, na Lei Orgânica do DF, dentre outros diplomas legais, mas nunca na opinião de candidatos ao Buriti.

Resultado de imagem para blitz detran df

A afirmação de candidato ao Buriti que vai acabar com a fiscalização, com os pardais, etc, beira ao cúmulo da irresponsabilidade. O Detran tem vários estudos e estatísticas que os acidentes fatais vêm sofrendo diminuições importantes, ao longo do tempo, seja com as fiscalizações, seja com os controladores de velocidade. Essa história de “indústria da multa” é contada por aqueles que querem votos ou por aqueles que querem transformar as vias do DF em pistas de Fórmula 1. A população de bem sabe a importância e necessidade dos pardais. Muito mais ainda, quem teve que lidar com a perda de um familiar ou amigo querido, vítimas de “acidentes” de trânsito. Colocamos abaixo alguns links importantes sobre estudos que demonstram a importância da fiscalização e dos controladores de velocidade. E isso existe no mundo inteiro. Podemos sempre melhorar os estudos, melhorar as vias, melhorar a engenharia, a qualidade do asfalto, etc, mas isso depende exatamente dos governantes que sentam na cadeira do Buriti. O Detran é uma autarquia mas com autonomia só na teoria. Alguns links sobre a importância das blitz, dos pardais, da fiscalização, eduação e engenharia:

https://www.jcnet.com.br/editorias_noticias.php?codigo=232556

https://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2015/09/reducao-de-velocidade-e-aumento-de-radares-reduz-numero-de-acidentes-diz-estudo.html

https://icetran.com.br/blog/importancia-da-fiscalizacao-de-transito/

Outro absurdo que foi comentado diz respeito ao pagamento de salário dos servidores. Que esse pagamento é feito com recursos provenientes de multas de trânsito. O Detran DF, autarquia vinculada à SSP/DF, tem duas fontes de receita. A fonte 220 (taxas dos serviços prestados) e a fonte 237 (multas de trânsito). Ao contrário do que foi falado nas entrevistas de emissoras de TV, rádio, etc, o salário de todos os servidores do Detran (sejam agentes ou administrativos), é pago com os recursos oriundos da fonte 220. O CTB define claramente como deve ser utilizado a fonte 237 (recursos de multas de trânsito) em seu artigo 320. “Art. 320. A receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito será aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito”.

Sendo assim, acreditamos que as informações passadas por alguns candidatos ao Buriti, são um desserviço prestado à população. Acreditamos que o trânsito e a mobilidade urbana são temas que preocupam e interessam a todo contribuinte. Tanto o trânsito, transporte público e mobilidade urbana precisam de várias melhorias, pois afetam a vida de todo cidadão que paga altos impostos. Por isso, precisamos de candidatos que conheçam o tema ou que procurem os especialistas nessas áreas para que a cidade consiga evoluir. Os servidores do Detran/DF estarão sempre à disposição para melhorar a vida dos condutores, pedestres e ciclistas. Para isso, precisamos de gestores que ouçam o Detran e confiram a autonomia administrativa e financeira da Autarquia.

Segue abaixo, a entrevista de um dos candidatos:

http://www.jornaldebrasilia.com.br/politica-e-poder/alberto-fraga-promete-acabar-com-blitz-do-detran-no-df/

 

SINDETRAN/DF: VALORIZANDO A MISSÃO DO DETRAN, DOS SEUS SERVIDORES.

É PRUDENTE LER E OBEDECER O CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

Domingo, 02 Setembro 2018 12:30

SINDETRAN ENTREGA DEMANDAS AOS CANDIDATOS GDF.

Desde o término do prazo eleitoral para registro de candidaturas, quando pudemos saber quem são os candidatos oficiais ao pleito eleitoral, a diretoria do Sindetran tem ido ao encontro das assessorias dos candidatos ao GDF, como também tem conversado com os próprios candidatos. Fomos convidados pelo Sindsasc para participar de um debate com os candidatos ao GDF na sexta-feira, dia 31/08, onde também tivemos a oportunidade de falar sobre o Detran para os candidatos ao Buriti. 

Preparamos um documento com várias propostas de melhorias para o Detran, para os servidores e para o trânsito do DF. Já entregamos a Carta Ofício para alguns candidatos e estamos finalizando esse trabalho. A ideia é apresentar nossas demandas e os problemas que a Autarquia tem passado, para todos os candidatos e cobrar um posicionamento desses. Muitas demandas já são de conhecimento dos servidores, pois foram aprovadas em assembleia, mas continuam em pauta uma vez que não fomos atendidos até o momento, em governos anteriores e nesse atual, que massacra toda a população e o conjunto de servidores.

A pauta de melhorias para o Detran e para nossa categoria é extensa, mas precisamos analisar o documento e definir prioridades e estratégias de ação, para juntos lutarmos e cobrarmos do candidato que for eleito. Temos algumas prioridades, como a recomposição salarial e reestruturação das carreiras, a igualdade de tratamento na Gratificação de Titulação, recomposição do quadro de pessoal defasado pelas aposentadorias, pagamento de exercícios findos, definição de terreno na área central de Brasília para sede própria do Detran, centralizando toda a administração, diretorias e todos os serviços à população no mesmo espaço. Precisamos buscar melhorias na gratificação dos administrativos como também uma maior segurança jurídica no adicional de insalubridade dos agentes. Na reestruturação por exemplo, é urgente e necessário se fazer uma maior valorização financeira da metade para o final da carreira, pois da forma como se encontra, não há incentivos para os servidores permanecerem nas carreiras do trânsito.

Enfim, temos muita luta pela frente e precisamos estar atentos a esse momento eleitoral, analisando, pesquisando e definindo as melhores opções políticas para o Detran, para Brasília e para o conjunto dos servidores públicos. Temos ouvido muitas promessas quase impossíveis e precisamos estar atentos para evitar decepções e lutas ainda mais árduas que as normais.

Nossa Carta Ofício com algumas de nossas principais demandas está disponível abaixo, para conhecimento da categoria.

Imagem relacionada

A união de toda a categoria é fundamental em todos os momentos, mas principamente nessa época eleitoral, em que teremos um novo cenário político para os próximos 04 anos. O Sindetran alerta que a melhor estratégia é pensar coletivamente. O debate democrático e respeitoso em nossa categoria é a melhor opção para escolhermos bem as novas lideranças do GDF. Acesse abaixo a Carta Ofício que está sendo entregue a todos os candidatos ao Buriti:

 

 OF  Candidatos GDF 2018

 

 

 

 

SINDETRAN/DF: POR UM DETRAN DE EXCELÊNCIA PARA A POPULAÇÃO, COM SERVIDORES VALORIZADOS E CAPACITADOS.

 

Convidamos os servidores do Detran/DF para evento relacionado aos serviços prestados pela autarquia.

Resultado de imagem para EVENTO

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, acompanhado da diretora-presidente do Serpro, Glória Guimarães, e dos diretores do Denatran, Maurício Alves, e do Detran-DF, Silvain Barbosa, apresenta, nesta segunda-feira (27), a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe), documento de porte obrigatório do veículo.

O Detran do Distrito Federal será o primeiro a oferecer a versão digital, que substituirá o documento impresso, disponibilizada no mesmo aplicativo da CNH-e, ainda este mês, por meio de um projeto-piloto.

A nova tecnologia vai facilitar a vida das pessoas, em sua  maioria,  conectadas com as redes. A meta é que essa modalidade esteja disponível nos Detrans de todo o país até o final deste ano.

Serviço:

Ministério das Cidades apresenta a versão digital do CRLVe nesta segunda-feira (27)

Data: 27.08.2018

Horário: 10h30

Local: auditório do Ministério das Cidades - Setor de Autarquias Sul, Quadra 01, Lote 01/06, Bloco "H", Ed. Telemundi II | Brasília - DF

Segue abaixo, links com as matérias abordando o CRLV Digital e informando o Detran DF como sendo o primeiro a implantar a novidade. Acesse:

Detran do DF será o primeiro a autorizar documento digital do carro:

https://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2018/08/22/detran-do-df-sera-o-primeiro-a-autorizar-documento-digital-do-carro.htm

Motoristas podem apresentar CRLV do carro pelo celular:

https://www.metropoles.com/distrito-federal/transito-df/motoristas-podem-apresentar-crlv-do-carro-pelo-celular

 

SINDETRAN/DF: PELA QUALIDADE DO SERVIÇO PÚBLICO E VALORIZAÇÃO DOS SERVIDORES.

Com o objetivo de trazer progresso ao serviço público, o SINDETRAN-DF - Sindicato dos Servidores das Carreiras que compõem os órgãos e Entidades Executivas de Trânsito do Distrito Federal, e outras entidades de categorias do Governo do Distrito Federal decidiram lançar um movimento em defesa de melhorias no serviço público e para denunciar o sucateamento da área no atual governo.

Resultado de imagem para defesa do serviço publico

O “Movimento em Defesa do Serviço Público” desenvolverá, a partir dos próximos dias, uma série de atividades a fim de provocar nos servidores uma participação mais efetiva no processo eleitoral e na população a consciência de que é necessário haver mudanças na gestão dos serviços públicos.

A primeira medida será a divulgação de uma carta, em data a ser definida, assinada por todas as entidades, com uma mensagem de repúdio ao modelo de política dos serviços públicos implantada pelo atual governador RodrigoRollemberg, que sucateou a prestação de serviços básicos, prejudicando servidores e, sobretudo, a população da capital do país.

O documento será direcionado aos candidatos das eleições ao governo e à população - que também será convidada a, neste momento de eleições, discutir as melhorias necessárias ao serviço público.

De acordo com o presidente do SINDETRAN-DF, Fábio Medeiros, o movimento pretende unir, pelo menos, 160 mil servidores públicos em uma luta por melhorias nos órgãos públicos e respeito aos cidadãos.

Para os servidores do Detran-DF, Fábio Medeiros, explica que a lista de reinvindicações são muitas, e causam reflexos diretos à população do Distrito Federal. “Queremos melhorar o nosso efetivo, pois há uma defasagem de servidores públicos, sendo 150 agentes de trânsito e 400 agentes administrativos, e isso implica na sobrecarga de atividades. Outro problema crônico é a falta de uma sede própria do Detran, pois um aporte de recursos é destinado para o pagamento de aluguel de imóveis, e esse dinheiro poderia ser alocado para solucionar o sucateamento de mobiliários e de viaturas”, esclarece.

Manifestações

Uma série de atos estão programados para as próximas semanas, culminando com a realização de um ato público em defesa dos serviços públicos, com a participação da sociedade civil organizada.

Representatividade

Até o momento, 14 entidades fazem parte do “Movimento em Defesa do Serviço Público”:

  1. Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF)
  2. Sindicato dos Trabalhadores e Empregados na Assistência Social e Cultural do DF (Sindsasc-DF);
  3. Sindicato dos Enfermeiros do DF (Sindienfermeiros-DF);
  4. Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do (Sindágua-DF);
  5. Sindicato dos Odontologistas do Distrito Federal (SODF);
  6. Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (Sindate-DF);
  7. Sindicato dos Delegados de Polícia do DF (Sindepo-DF);
  8. Sindicato dos Médicos do DF (SindMédico-DF);
  9. Sindicato dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, Autarquias, Fundações e Tribunal de Contas do DF (Sindireta-DF);
  10. Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF);
  11. Sindicato dos Tecnólogos, Técnicos e Auxiliares em Radiologia do DF (Sinttar-DF);
  12. Sindicato dos Servidores da Carreira Socioeducativa do DF (SINDSSE-DF);
  13. Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do DF (Sindpen-DF);
  14. Sindicato dos Servidores do Detran DF (Sindetran-DF)
  15. Sindicato dos Técnicos e Auxiliares de Laboratório do DF (Sintralab-DF)
  16. Sindicato dos Metroviários do DF (SindMetrô-DF)  

 

SINDETRAN/DF: UNIDOS, SOMOS MAIS FORTES. POR UM SERVIÇO PÚBLICO DE QUALIDADE PARA A POPULAÇÃO.

Dando continuidade aos trabalhos sindicais, a nova diretoria eleita já convoca todos os servidores do Detran para um evento importante. Trata-se da plataforma elaborada pela CUT-DF e sindicatos filiados, que agregam as principais revindicações da classe trabalhadora, sejam trabalhadores públicos ou privados, A CUT-DF convidou todos os candidatos ao GDF e lá teremos a oportunidade de ver as intenções e compromissos dos candidatos com a classe trabalhadora. O evento é aberto a todos, dirigentes sindicais e servidores do GDF. Será nessa segunda-feira, dia 20/08/2018, a partir das 19h no Teatro dos Bancários na EQ 314/315 sul. ASA SUL. Convidamos todos e todas a estarem presentes para já pressionarmos os candidatos ao GDF.

Como dissemos, essa plataforma contém todas as reivindicações da classe trabalhadora, mas sem entrar em especificidades de cada categoria. No caso dos servidores do GDF, existem várias pautas gerais que nos atendem, como é o caso do reajuste do auxílio alimentação e o cumprimento da lei referente ao pagamento da 3a. parcela do reajuste. O Sindetran/DF também enviou as demandas gerais para a elaboração desse documento.

Paralelo a isso, estaremos divulgando também, em outra matéria, nossa Carta Ofício com nossas pautas específicas, que estaremos entregando a TODOS os candidatos ao Buriti. Queremos verificar o compromisso de cada candidato com nossa categoria e com as questões relacionadas ao trânsito.

Vejam a matéria e o convite para esse importante evento da classe trabalhadora. Acesse também o material com as reivindicações.

http://www.bancariosdf.com.br/site/index.php/outros-assuntos-2015/cut-brasilia-constroi-plataforma-da-classe-trabalhadora-para-as-eleicoes-de-2018

No link acima, existe o acesso para o documento da Plataforma da Classe Trabalhadora" para as eleições 2018. Para maior facilidade, segue também o arquivo abaixo.

 

 

SINDETRAN/DF: O TRABALHO NÃO PARA. HÁ MUITA LUTA PELA FRENTE. NENHUM DIREITO A MENOS.

O processo eleitoral estava suspenso desde Novembro/2017 por conta de uma ação judicial impetrada por dois servidores da categoria. Após várias audiências e defesas de todas as partes, finalmente saiu sentença judicial sobre o caso. A diretoria atual, que estava no comando sob liminar, tem a obrigação de repassar essa notícia a toda categoria. O Poder Judiciário concluiu pela improcedência de todos os pedidos feitos pelos autores, ou seja, concluiu que o processo eleitoral de 2017 esteve correto desde seu início e que portanto, deve continuar como estava, com a inscrição de uma chapa única com 11 integrantes, chapa que conseguiu se inscrever no prazo correto.

Houve reclamação de que não demos prazos suficientes para inscrição de chapas. Inclusive o prazo foi reclamado pelos próprios autores. Prazo esse que erramos no edital, mas erramos para mais, ou seja, concedendo um prazo maior. Nesse item o juiz afirmou que "A despeito da previsão de 15 dias, não há prejuizo em se estabelecer prazo maior, pois amplia a possibilidade de formação de outras chapas, exatamente como pretendem os demandantes". 

Anexamos abaixo, a SENTENÇA proferida pelo Juiz da 21a. Vara Cível do TJDFT para que não reste dúvida e nem propagação de boatos, mentiras e fofocas em nossa categoria, que só servem para atrasar nossas lutas por melhorias que tanto almejamos.

Servidor e servidora do Detran, apesar de colocarmos a sentença anexada abaixo, você também pode conferir pelo site do TJDFT, processo eletrônico. Confira você mesmo. Utilize o link https://pje.tjdft.jus.br/consultapublica/ConsultaPublica/listView.seam. O número do processo é 0731379-50.2017.8.07.0001... Digite o número inteiro, sem colocar pontos ou traços.

Aqui a notícia é verdadeira e oficial. Aqui não tem rádio corredor, não tem a moda das "Fake News". Qualquer diretoria que esteja à frente do Sindetran, tem a obrigação de ter responsabilidade com sua categoria. O que não se pode é se responsabilizar por atitudes, discursos e ações de terceiros. Assim é a responsabilização prevista no Direito Brasileiro.

 

Continuemos firmes e fortes na defesa de nossos empregos, de nossas atribuições, contra as terceirizações, contra o uso inadequado dos recursos de taxas e multas pelo Governo, por um trânsito seguro e harmônico, na manutenção dos direitos e na luta por novos avanços. Estamos há mais de 4 anos sem reajuste, assim como outras categorias. Precisamos lutar para repor essa inflação imediatamente. Isso que é o fundamental.

Os governos passam e nós ficamos. Não sabemos quem vai governar o GDF pelos próximos 4 anos, mas sabemos que teremos muita luta pela frente, independente de quem assumir. Confira a SENTENÇA abaixo:

 

Deciso eleio 2017 SDT

 

 Resultado de imagem para a mentira tem perna curta

 Resultado de imagem para a mentira tem perna curta

 

 SINDETRAN/DF: CONTINUANDO O TRABALHO, RUMO A NOVAS LUTAS.

Recentemente, publicamos um INFORME sobre eleições 2018 pelo nossa linha de transmissão (Whatsapp Sindetran), para toda a categoria. O nosso objetivo é dar dicas de especialistas, cientistas políticos, juristas, servidores do TRE e TSE para que os servidores do Detran façam a melhor escolha, de forma consciente e estudada, para eleger os melhores quadros para o GDF e para o Brasil. 

Resultado de imagem para INFORME POLITICO

Aproveitamos para publicar novamente esse primeiro informe aqui no site, como também uma matéria do "Portal Metrópoles" e do "Portal CorreioWeb" sobre os candidatos oficiais ao Buriti, após o último dia de registro de candidaturas, que ocorreu no dia 15/08/2018.

Vale a pena conferir nosso INFORME como também as matérias citadas. Apesar de todo o cenário político e econômico desfavorável ao País e aos brasileiros, e principalmente, aos servidores públicos, precisamos reagir e utilizar esse instrumento democrático do VOTO para elegermos os melhores quadros, que se preocupam principalmente, com parte da sociedade mais necessitada, com a classe média e com o conjunto dos trabalhadores públicos e privados, que carregam o Brasil nas costas, todos os dias. Confira abaixo:

 

INFORME POLÍTICO: Eleições 2018 e o SINDETRAN/DF.

A pouco mais de 1 mês inicia-se o processo eleitoral do país e da Capital. Nós, do SINDETRAN, queremos trazer informações importantes a respeito desse assunto.
Nosso Sindicato é apartidário, ou seja, não é filiado a NENHUM partido político ou candidato.
Em todos os anos eleitorais, a diretoria do SINDETRAN, organiza um encontro com os pré-candidatos a fim de pautar nossas reivindicações, apresentando as deficiências do Detran, bem como as sugestões de melhoria para o órgão e as demandas da autarquia e categoria. 
Vale ressaltar que NÃO podemos oficializar apoio a qualquer candidato, mas sim, promover um amplo debate na categoria sobre o tema, analisando opções para Brasília, Detran e nós, servidores. 
Sabemos que é de livre iniciativa a intenção de apoio por parte de cada servidor, porém, ressaltamos que as visitas ocorridas aos candidatos por parte de alguns grupos de servidores, sem a efetiva presença da diretoria do SINDETRAN, podem ocasionar divergências de demandas, o que caracteriza desunião por parte da nossa categoria e até mesmo falta de representatividade. Aspectos que são bem observados por todos os candidatos e que poderão trazer consequências negativas para as futuras conquistas e na relação com os políticos eleitos.
O SINDETRAN/DF, representa todos os servidores filiados e está sempre em busca de melhorias contínuas para que o nosso trabalho seja visto pela sociedade de forma idônea e apartidária. 
Agradecemos a compreensão de todos e convidamos os servidores para juntos, fazermos desse momento, mais um avanço em prol dos servidores do Detran-DF.
SINDETRAN-DF03/07/2018

 

Agora, confira as matérias publicadas hoje, com os candidatos oficiais ao Buriti, após o encerramento do prazo de registro de candidaturas, que ocorreu na data de 15/08/2018. Vale a pena conferir. Vamos analisar o histórico de cada candidato, a linha de votação, a verdadeira intenção diante dos graves problemas a serem resolvidos no GDF. Precisamos estudar e observar tudo, com muito cuidado, para podermos votar com consciência, elegendo as melhores opções possíveis, apesar do difícil cenário político e econômico do país. Precisamos analisar quem tem o histórico de valorizar a sociedade mais necessitada, a classe média e o conjunto de trabalhadores públicos e privados, pois são esses que verdadeiramente carregam o país nas costas, produzindo riquezas. Confira abaixo:

 

CANDIDATOS JÁ PODEM FAZER CAMPANHA NO DF:

https://www.metropoles.com/distrito-federal/politica-df/comicios-jingles-e-panfletos-candidatos-ja-podem-fazer-propaganda?utm_source=push&utm_medium=push&utm_campaign=push

 

CONFIRA COMO FICARAM AS CHAPAS QUE CONCORREM AO GDF:

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2018/08/16/interna_cidadesdf,700523/confira-como-ficaram-as-chapas-que-concorrem-ao-gdf-nas-eleicoes-de-20.shtml

 

Estaremos dialogando com todos os candidatos e entregando nossa plataforma de reivindicações para o Detran e para nossa CATEGORIA. Em breve, passaremos mais informes políticos.

 

 

 

SINDETRAN/DF: POR UM DETRAN DE QUALIDADE, PELA VALORIZAÇÃO DOS TRABALHADORES PÚBLICOS E PRIVADOS.

 

 

Nessa terça-feira, dia 14/08 o Presidente do Sindetran/DF participou de uma reunião na CUT-DF com dirigentes sindicais e jornalistas dos sindicatos. O objetivo é melhorar a comunicação dos sindicatos com as respectivas bases, melhorando e ampliando a conscientização dos trabalhadores. O investimento em comunicação e mídia é fundamental para alertar toda a classe trabalhadora e sociedade em geral, dos constantes ataques aos nossos direitos e tentativas de outros retrocessos. Com informação de qualidade, a luta da classe trabalhadora se torna mais forte e consciente. 

Veja abaixo, tudo o que foi debatido e aprovado no sentido de fortalecer a imprensa dos sindicatos, a organização e luta dos trabalhadores.

 

 

 

Coletivo de Comunicação da CUT Brasília traça estratégias de fortalecimento da imprensa sindical:

 

http://www.cutbrasilia.org.br/site/2018/08/14/coletivo-de-comunicacao-da-cut-brasilia-traca-estrategias-de-fortalecimento-da-imprensa-sindical/

 

 

 

 

 A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sentadas

 

 

SINDETRAN/DF: REFORÇANDO A COMUNICAÇÃO COM OS TRABALHADORES.

Quarta, 01 Agosto 2018 15:50

VITÓRIAS JUDICIAIS: SERVIDORES GANHAM.

O Sindetran/DF, sempre buscando corrigir distorções praticadas pela Administração Pública e resguardar os direitos dos servidores, ingressa com ações judiciais. Enquanto o Governo estadual e federal massacram os servidores públicos, o sindicato trabalha para manter os direitos e avançar em conquistas. Em duas dessas ações, os servidores estão próximos de receber os valores indevidamente apropriados pelo Estado. Uma ação coletiva geral que trata da promoção funcional e um grupo de ação coletiva que trata da progressão no estágio probatório. Esta última em fase de execução. Relatamos abaixo as duas situações.

 Imagem relacionada

 

AÇÃO DE PROMOÇÃO FUNCIONALProcesso 2014.01.1.131349-0

(Detran realiza a promoção apenas no mês de julho, porém não paga os valores retroativos).

Informamos que o processo de Promoção Funcional proposto pelo Sindetran/DF foi julgado procedente em primeira instância, mantida em segunda instância. Apesar disso, essa ação não transitou em julgado, pois em 12/07/2018 o Detran e o DF interpuseram embargos de declaração. De qualquer forma, essa ação coletiva está próxima de ser solucionada definitivamente. Caso não haja mais recurso do DF e Detran, aguardamos o trânsito em julgado (quando não cabe mais recurso da decisão). Temos a relação dos servidores substituídos. Veja se você está nessa ação ligando no sindicato das 09h às 16h no telefone 33287141.

DINHEIRO NO BOLSO: GRUPO VITORIOSO NA AÇÃO DA PROGRESSÃO NO ESTÁGIO PROBATÓRIO: PROCESSO 0706719-38.2017.8.07.0018

Nesse grupo específico dessa ação, os servidores têm motivos para comemorar. Pois essa já transitou em julgado e está na fase de execução, onde o Detran é intimado a fazer os pagamentos aos servidores contemplados. Trata-se de cumprimento de sentença proposto pelo Sindetran/DF em face do Distrito Federal. O Sindetran requereu que o Detran seja compelido ao pagamento das diferenças remuneratórias decorrentes da progressão funcional no estágio probatório. ( nessa época em que o Detran não fazia essa progressão ). Temos os valores aproximados  que cada servidor vai receber, esses valores serão atualizados até o momento do pagamento. O juiz já determinou que fosse expedido as RPPV (Requisição de Pagamento de Pequeno Valor). Confira abaixo os servidores desse grupo, para saber valores, ligue na sede do sindicato.

MATRÍCULAS:

25022x  1822985  1951955 1822942  1822799  14958 1991728 2506432  1992627  1961306  1951521  1824252  2502275  2510049  1824198  1951440

1951742  1921908  1824082  1962710  1921819  2508001  1823680  1923005  1923854

2505290  1933760  2507986  1961276  1961217  1822721  1822578  2502399  1824015  1951602  1923048  1924176

 Resultado de imagem para PROGRESSAO FUNCIONAL

 

 SITUAÇÃO REGULAR NO SINDICATO:

Informamos aos colegas servidores que é importante e fundamental manter a regularização e os dados cadastrais atualizados junto ao sindicato. Confira sua situação pelo nosso telefone 33287141 ou pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Esse procedimento é importante pois nossa assessoria jurídica terá que dar andamento a demais procedimentos, a fim de que os servidores recebam os valores de direito. 

 

3ª Parcela do Reajuste (leis de 2013):

Em breve, faremos uma nota com todas as explicações dessa luta/ação, onde também estamos vitoriosos em segunda instância, mas precisamos superar a liminar do STF. Aguardem mais notícias.

Resultado de imagem para SERVIDORES GANHAM NA JUSTIÇA

 SINDETRAN/DF: SEMPRE EM DEFESA DOS DIREITOS DOS SERVIDORES, LUTANDO EM VÁRIAS FRENTES.

 

Conforme orientação do Detran/DF, o Sindetran/DF relembra a todos os servidores, das duas carreiras, da necessidade de agendar e fazer a coleta de dados biométricos, devido à implantação do sistema de biometria. Nosso alerta é no sentido de que após a data de 04/08/2018, haverá ônus para o servidor.  Essa data foi estipulada pela Direção Geral do Departamento, conforme a IS nº 324/2018.

Os servidores podem fazer o agendamento pela intranet, pelo sítio https://homol-sitedf.si.valid.com.br/agendamentoweb ou pelo aplicativo Android DETRAN/DF BIOMETRIA.

Esse procedimento será fundamental para acesso ao Sistema Getran, Banca Examinadora, etc. 

Havendo qualquer dúvida, reclamação ou sugestão, a diretoria do Sindetran/DF continuará à disposição dos servidores dessa Autarquia. 

 Resultado de imagem para BIOMETRIA

 

Confira a publicação do Detran/DF feita no sistema Getran:

 

SISTEMA BIOMÉTRICO:

"De ordem da Direção Geral, informamos a todos os servidores do Detran/DF, que em consonância com a implantação do sistema de biometria previsto em Resolução do Contran, orientamos a todos que ainda não efetivaram a coleta biométrica nos termos da IS DETRAN nº 324/2018, até a data de 04/08/2018. Providenciem com urgência sua efetivação. Ressaltamos que o processo de habilitação está sendo virtualizado e que para acesso somente será permitido por meio de identificação biométrica, bem como ao domínio do Detran. 

Atenciosamente,

Direção Geral".

 Imagem relacionada

 SINDETRAN/DF: INFORMAÇÃO PARA OS SERVIDORES DA AUTARQUIA.

Pagina 9 de 38

Acesso Restrito aos Filiados

Acesso para os filiados do Sindetran/DF