Quarta, 26 Abril 2017 13:19

GREVE GERAL E DIAS SOMBRIOS

Escrito por 

Dalai LamaCaros colegas,

Compreendemos certo abatimento que tomou conta de vários colegas. estamos vivendo momentos muito sombrios e com poucas chances de termos êxito, em curto prazo, contra as forças que nos assolam. Nossas chances estão justamente em mostrarmos nossa indignação e disposição de lutarmos a despeito de todas as pressões e ameaças.

Não só na estância federal, mas também na distrital, estamos sendo responsabilizados pela falta de gestão e desvio de verbas. O servidor está sendo colocado como detentor de salários milionários, aposentadorias nebabescas e regalias estratosféricas.

Trabalhamos para o povo brasileiro independente de quem governa o País ou o Distrito Federal. O servidor prestou concurso público e se aposenta após 30 anos de contribuição. Não estamos trabalhando porque "conhecemos" políticos, não nos aposentamos depois de um ou dois mandatos. Pertencemos a classe trabalhadora e, como tal, temos direito a segurança no trabalho. Cada um de nós exerce um cargo, tem uma profissão. Até hoje, a "profissão" político não consta na lista de profissões regulamentadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego, mas este sim, se aposentam sem contribuir por trinta anos, sem idade mínima e com seus salários intactos, diferente de nós.

 Além de vários PLs que estão ampados na Câmara Legislativa do DF, nosso ilustríssimo governador nos brindou com o PLC 106/2017. Este PLC travestido de regulamentação da avaliação periódica de desempenho, nada mais é que nos colocar a mercê das chefias e abrir brechas para facilitar demissão de servidor e impor o medo de luta por direitos.

Sabemos que nossa luta é desigual e difícil, podemos ter algumas perdas imediatas, mas sem ela iremos perder tudo que lutamos ardualmente para conquistar. Temos a nosso favor o fato de que os políticos vêm e vão, mas nós permaneceremos para continuarmos a lutar. David venceu o gigante Golias porque sabia das suas limitações, sabia que a sua luta era justa e tinha a seu favor a arrogância de quem se acha invulnerável.

Vamos demonstrar que contra um exército poderoso, podemos lutar com o brio e determinação. O Detran é a nossa casa e não iremos deixar que ninguém derrube suas paredes. Venham para seus postos de trabalho e cruzem seus braços. Mostrem que não nos imtimidamos com a pressão das chefias que só estão aí para defender o governo e manter-se em seus cargos. Algumas chefias ganham para isso e não se importam com o servidor e nem com o Detran, só com elas mesmas. Conversem com seus colegas e os tragam para a luta. A luta é de todos, sem ela, a derrota será de todos também.

 

SINDETRAN/DF: EM DEFESA DA APOSENTADORIA E DOS DIREITOS TRABALHISTAS

Última modificação em Quarta, 26 Abril 2017 13:41

Área Restrita