Domingo, 08 Outubro 2017 14:21

COMEMORA-SE MENOS MORTOS NO TRÂNSITO

Escrito por 

 

Correio Braziliense publicou.

Três condutores são presos em operação por dirigirem embriagados.

Postado em 07/10/2017 

Três mortes no trânsito em um único dia

 

Na notícia das mortes temos o seguinte texto:

Uma capotagem, uma colisão entre moto e carro e uma batida frontal com um caminhão resultaram nos acidentes fatais ocorridos entre as 5h20 e as 16h20 de ontem

O número de mortes no trânsito diminuiu este ano. A Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal (SSP-DF) levantou que, de janeiro a setembro de 2017, foram registrados 189 óbitos, enquanto no mesmo período do ano passado o número foi de 391.

O diretor-geral do Departamento de Trânsito (Detran-DF), Silvaim Fonseca, atribui as reduções às ações conjuntas da autarquia com a SSP-DF e o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), além da colaboração da Polícia Militar (PMDF) durante as fiscalizações. "A gente intensificou as nossas operações conjuntas e as fiscalizações também aumentaram. Trabalhamos muito em cima da questão de velocidade, da falta do cinto de segurança, do uso de celular na direção e a do consumo de álcool", afirmou.

Segundo o Detran-DF, houve um aumento de 70% no número de penalizações para motoristas alcoolizados. Foram 19.348 autuações pela infração do início do ano até o fim de setembro de 2017. No mesmo período do ano passado foram 11.325. "Mesmo que por medo de ser preso e pelo alto valor da multa, o motorista está começando a mudar o comportamento de dirigir e beber e isso reflete na diminuição dos acidentes", ressaltou Silvaim.

Além do consumo de álcool aliado à direção, dados do Detran-DF indicam que o excesso de velocidade, e a falta de atenção do motorista (principalmente pelo uso do celular ao volante) são as principais causas dos acidentes.

"Mesmo que por medo de ser preso e pelo alto valor da multa, o motorista está começando a mudar o comportamento de dirigir e beber e isso reflete na diminuição dos acidentes"Silvaim Fonseca, diretor-geral do Detran-DF

O Sindetran aplaude sempre a ação dos servidores do trânsito quando agem preservando vidas. Gostaríamos de ressaltar que nenhuma morte pode ser tolerada. Não celebramos a diminuição das mortes porque é pouco. Celebrar a diminuição das mortes é minimizar a dor das famílias que perdem entes queridos no trânsito. Fiscalizar é importante, mas educar é fundamental.

Falta de prioridade nas políticas para o trânsito faz com que o governo comemore a diminuição das mortes, mas famílias continuam chorando suas perdas que nunca é pouca.

SINDETRAN/DF: MORTE NO TRÂNSITO, TOLERANÇA ZERO

 

Última modificação em Domingo, 08 Outubro 2017 14:38

Área Restrita