Quinta, 02 Outubro 2014 10:01

MUDANÇA NA DIREÇÃO DO DETRAN: ASSEMBLEIA IMEDIATA???

Escrito por 

 

Essa semana houve alteração do dirigente máximo do órgão e foi nomeado outro servidor de carreira para assumir. Albano de Oliveira Lima é Assistente de Trânsito e trabalhou por um tempo como chefe da Projur. Como definição anterior da categoria, o sindicato precisaria convocar assembleia extraordinária para definir sobre mobilização, caso a nomeação não fosse de servidor do Detran. Como a autarquia continua sendo administrada por servidor efetivo, o sindicato não convocará, de imediato, assembleia.

 

Também sobre a situação do Detran continuar sendo gerenciado por profissionais da área de trânsito, ou seja, por servidores das carreiras do Detran, aguardamos a informação da composição da equipe para levar a conhecimento dos servidores. Esclarecemos aos colegas que até ontem, dos 140 cargos comissionados, 117 eram de servidores do Detran-DF. Estejamos atentos, pois se as modificações começarem a se apresentar prejudiciais para os servidores (como não andamento do pleito e a reinserção de alienígenas), o sindicato convocará assembleia.

 

MUDANÇA TRAZ ALGUMAS DIFICULDADES:

 

Mudança na direção-geral coloca algumas dificuldades na tramitação de processos de interesse dos servidores. Os diversos processos que estavam em trâmite e dependem da ratificação do dirigente máximo do órgão e/ou dos diretores de área, ficam (de imediato) sem definição sobre continuidade do que estava acordado.

 

Com a saída repentina do DG e DGA, ficaram pendentes os dois últimos acertos do sindicato com os Diretores/Gerentes de áreas (Dirpof, Dirag, etc). Os dois itens já acordados e que precisam de decisão IMEDIATA para evitar prejuízo aos servidores e trazer outro avanço, aguardam a assinatura do atual DG.

 

O item que visa evitar prejuízo ao servidor é o pedido de reanálise, por parte do engenheiro do trabalho do GDF, em relação ao laudo individual de condição de trabalho. O laudo de quase cem servidores foi, em nossa avaliação, feito de forma superficial e precisa ser revisto. O laudo recente reduz a remuneração destes quase cem servidores, incluindo alguns chefes.

 

O avanço (melhoria) para o servidor é a publicação de alteração (aumento) no ressarcimento do pagamento do plano de saúde. Já está no gabinete com informação de que existe disponibilidade financeira para que seja feita a alteração da norma de pagamento. Essa publicação no DODF precisa ser feita ANTES do fechamento da folha deste mês para que ocorra neste pagamento.

 

 

 

SINDETRAN DF: ACIMA DAS MUDANÇAS, A DEFESA DOS INTERESSES DOS SERVIDORES.

 

Área Restrita